coluna

Contraplano por Diego Benevides: Para ficar de olho

Contraplano

diego.benevides@diariodonordeste.com.br • Coluna focada no melhor do cinema brasileiro e mundial

00:00 · 26.11.2016 / atualizado às 13:32 · 12.12.2016
"Animais Noturnos", novo filme de Tom Ford, venceu o grande prêmio do júri no Festival de Veneza

Depois de "A Chegada", de Denis Villeneuve, e "Elle", de Paul Verhoeven, abrirem oficialmente a lista de estreias que devem figurar nas principais premiações do cinema, dezembro chega com mais destaques.

Clint Eastwood dirige Tom Hanks no drama biográfico "Sully - O Herói do Rio Hudson", sobre um capitão que conseguiu pousar um avião e m pane e, mesmo considerado herói, passa a ser investigado.

>Um gênio que repensa o passado 

>Memórias do transformismo 

Depois de passar por Cannes, o elogiado diretor chileno Pablo Larraín chega com "Neruda", que faz uma viagem pela vida do poeta Paulo Neruda. Também filho de Cannes, "Sieranevada" é o novo trabalho do romeno Cristi Puiu.

Elogiado no Festival de Veneza, "Animais Noturnos" é o segundo filme dirigido pelo estilista Tom Ford, após "Direito de Amar" (2009). A trama também é estrelada por Amy Adams, que está em "A Chegada", e mais uma vez desponta como forte candidata aos prêmios de melhor atriz.

Dezembro encerra com o esperado "Eu, Daniel Blake", que rendeu a segunda Palma de Ouro de Cannes ao diretor inglês Ken Loach.

É uma ótima temporada para ir além do cinema comercial e acompanhar histórias que valem a pena.

Cine Caju

Descentralizar a exibição e a apreciação de obras audiovisuais é o objetivo da primeira edição da Mostra de Cinema e Novas Mídias de Pacajus e Região Metropolitana - Cine Caju. De 1º a 3 de dezembro, Pacajus receberá a exibição de curtas e longas-metragens brasileiros, com acesso gratuito para a população. Entre os destaques estão os longas "O Grão" (foto), de Petrus Cariry, e "Cine Holliúdy", de Halder Gomes, além dos premiados curtas "Guida", de Rosana Urbes, e "Bá", de Leandro Tadashi. Na ocasião, será elaborada a Carta de Pacajus, documento inédito que tem o objetivo de defender a política do audiovisual cearense, a partir de debate realizado entre produtores, realizadores, gestores e pensadores da área.

Suassuna

O longa-metragem documental "O Senhor do Castelo", dirigido por Marcus Vilar, será o filme de abertura do 11º Curta Canoa - Festival Latino-americano de Cinema de Canoa Quebrada. O filme demorou 15 anos para ser finalizado e mostra o universo imaginário do escritor e dramaturgo Ariano Suassuna, a partir dos fatos que marcaram sua vida. O Curta Canoa acontece na paradisíaca praia de 15 a 20 de dezembro, com exibições gratuitas.

Animação

Com foco no cinema e na educação, o Projeto Enel Compartilha Animação oferece cursos gratuitos a alunos das escolas municipais e estaduais de Fortaleza. A proposta é trazer técnicas de animação para a rotina dos alunos que, ao final, serão capacitados para produzir um filme de até 60 segundos. O curso é ministrado por Telmo Carvalho, cineasta e coordenador do Núcleo de Cinema de Animação (NUCA), da Casa Amarela Eusélio Oliveira da UFC.

Distopia online

Image-2-Artigo-2163983-1

Série Já está disponível na Netflix a série "3%", que deu início às produções originais realizadas no Brasil. A trama pós-apocalíptica criada por Pedro Aguilera traz um elenco encabeçado por João Miguel, que reconheceu, em entrevista, que o gênero não é exatamente uma novidade, mas que traz novos ares por ser um produto Netflix. "Os personagens são ambíguos. O Ezequiel tem esse lugar de vilão, mas é totalmente afetado pela história, pelo amor. É um personagem ferido", define. Ainda sem anunciar uma segunda temporada para "3%", o próximo produto original da Netflix será o filme "O Matador", um faroeste situado entre os anos 1910 e 1940, que terá direção de Marcelo Galvão, responsável por "Colegas" (2012).

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.