Coluna

Contraplano (Diego Benevides): a mulher no cinema

Contraplano

diego.benevides@diariodonordeste.com.br • Coluna focada no melhor do cinema brasileiro e mundial

00:00 · 14.10.2017
Anna Muylaert está entre as entrevistadas de série especial do Canal Brasil sobre as mulheres no cinema

A programação do Canal Brasil receberá uma série especial de seis episódios sobre a participação feminina e a importância da luta pela igualdade de gênero no audiovisual. A partir do dia 24 de outubro (terça-feira), sempre às 21h, o Canal Brasil exibe a mostra Cine-Delas, formada por filmes assinados por diretoras premiadas em festivais nacionais e internacionais.

A jornalista Simone Zuccolotto investiga o papel feminino no cinema brasileiro, em entrevistas com algumas das mais inspiradoras realizadoras, cineastas, atrizes, produtoras e roteiristas das telas. Serão seis episódios, cada um discutindo temas distintos. No início de cada episódio, a atriz Maeve Jinkings lê trechos de escritos de Simone de Beauvoir, literata francesa ícone do movimento feminista.

A atriz Fernanda Montenegro fala sobre a diferença do olhar feminino em funções atrás das câmeras. A documentarista Helena Solberg discorre sobre machismo e Helena Ignez fala sobre o choque trazido por "A Mulher de Todos" (1969), de Rogério Sganzerla. A série traz ainda entrevistas com Anna Muylaert, Laís Bodansky, Lúcia Murat e Ana Maria Magalhães, entre outras.

Cinema africano

Image-1-Artigo-2308987-1

Em sua décima edição, a Mostra Internacional de Cinema Africano apresenta programação diversa de filmes entre os dias 16 e 20 de outubro, no Auditório Rachel de Queiroz (CH2/UFC). A mostra gratuita carrega o tema "10 Anos de História e de Cinema em torno de Sotigui Kouyaté e de Moustapha Alassane". Kouyaté (foto) e Alassane foram realizadores do Mali e Níger, respectivamente, e colaboraram com a disseminação da cultura africana em suas obras audiovisuais. Entre os filmes de destaque estão os curtas-metragens "O Anel do Rei Koda" (1962) e "Samba o Grande" (1977), ambos de Alassane, e o documentário "Sotigui Kouyaté un Griot Moderne" (1995), dirigido por Mahamat-Saleh Haroun.

Documentários

Mais uma publicação impressa da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine) chega ao mercado. O livro "Documentário Brasileiro - 100 Filmes Essenciais" reúne ensaios sobre produções documentais de diversas épocas e formatos, além de 20 textos que enfocam movimentos que marcaram a história do gênero no Brasil. O livro será lançado dia 26 de outubro, às 19h, na livraria Blooks, como parte da 41ª Mostra de Cinema de SP.

Curadoria

Entre os dias 24 e 28 de outubro, a Caixa Cultural Fortaleza ofertará o curso "Curadoria em Cinco Movimentos", com cinco profissionais experientes em seus campos de atuação. O curso prevê um denso diálogo sobre a curadoria de arte nos dias hoje, área que tem se destacado cada vez mais em museus, exposições e festivais de arte e de cinema. As vagas são limitadas e as inscrições são gratuitas pelo site: curadoriaemcinco.Com.Br.

Blade Runner 2049

Image-2-Artigo-2308987-1

Em Cartaz Em tempos de nostalgia cada vez mais presente em todas as plataformas de consumo, a chegada de "Blade Runner 2049", dirigido por Denis Villeneuve (dos ótimos "Incêndios", "O Homem Duplicado" e "A Chegada"), é a aposta da vez para repensar a história originalmente conduzida por Ridley Scott. É notável o quanto Villeneuve se esforça no cargo de diretor para fazer deste um filme minimamente relevante, assumindo a grandiloquência que o blockbuster exige, sem deixar seu lado criativo autoral. Por outro lado, o roteiro tropeça ao esticar a história além do que precisava, criando núcleos sem necessidade dramática e, o principal, sem grandes surpresas ou carisma de seu protagonista, vivido por Ryan Gosling.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.