Contraplano: Brasília 50 edições

Contraplano

diego.benevides@diariodonordeste.com.br • Coluna focada no melhor do cinema brasileiro e mundial

00:00 · 17.06.2017

Provavelmente o encontro de cinema mais importante do circuito nacional, o Festival de Brasília do Cinema Brasileiro anunciou mudanças para a 50ª edição, que acontece de 15 a 24 de setembro. A principal delas é quer serão dez dias de evento, com programação que irá comportar nove longas-metragens e 12 curtas na competição principal.

LEIA MAIS

O show tem que continuar

Mergulho em águas rasas

Outra novidade é que o evento vai oferecer premiação em dinheiro a todos os filmes selecionados, no valor total de R$ 340 mil. O júri popular poderá votar por um aplicativo para celular e elegerá os vencedores do Prêmio Petrobras de Cinema: o longa-metragem receberá R$200 mil em contrato de distribuição e o curta, prêmios técnicos oferecidos por parceiros do evento.

O júri oficial será composto por cineastas, críticos, pesquisadores e artistas e distribuirá os tradicionais troféus Candango em 22 categorias.

A Mostra Futuro Brasil dará a oportunidade para filmes ainda não finalizados de serem exibidos a curadores de grandes festivais internacionais. Realizadores brasileiros podem submeter suas obras até 7 de julho, por meio do site oficial (www.Festivaldebrasilia.Com.Br).

"A Cidade onde Envelheço" foi o longa-metragem vencedor do Festival de Brasília do ano passado

Cineclube

A parceria entre o cineasta Dellani Lima e o músico Jonnata Doll é o tema da segunda edição do Cine Rebuceteio, que acontece gratuitamente segunda-feira (19), às 19h, no Cinema do Dragão. Serão exibidos o curta-metragem "Aquele Cara" (2013), protagonizado por Jonnata e dirigido por Dellani, onde os dois se encontram para falar sobre o fazer artístico contemporâneo. Também está na programação o longa inédito em Fortaleza "Planeta Escarlate" (2016), dirigido por ambos e que marca a estreia do cantor como diretor. A sessão será seguida de debate com Dellani Lima, paraibano que criou raízes no Ceará. Tanto Dellani quanto Jonnata hoje moram em São Paulo, mas nunca se desvencilharam da cena cultural cearense.

Seminário

O Cine Ceará e a Ancine realizam, nos dias 22 e 23 de junho, o seminário "Do Planejamento à Prestação de Contas". Destinada a produtores, cineastas, estudantes do último ano de Cinema, além de profissionais de contabilidade e advocacia atuantes em projetos audiovisuais aprovados na Ancine, a atividade tem por objetivo capacitar os profissionais do estado na formatação e execução de projetos audiovisuais.

Destaque

O Telecine venceu a PromaxBDA Global Excellence Awards 2017,a mais importante premiação mundial para peças criadas para TV, rádio, mídia impressa e eletrônica. Personagens clássicos como Tubarão, King Kong e Rocky Balboa ganharam vida em ilustrações feitas à mão, na campanha "Veja o Mundo com Outros Olhos - Vá ao Cinema", que ficou em primeiro lugar na categoria Channel Image Promotion Campaign.

Premiados em Jeri

Festival Terminou na última terça-feira (13) a sexta edição do Festival de Jericoacoara Cinema Digital. O júri oficial foi formado por Camila Vieira, Jefferson Albuquerque, Rafael Saar, Phillipe Bandeira e João de Lima. Apesar do hibridismo e das misturas que marcam o cinema contemporâneo independente, seja em formato ou gênero, o evento ainda divide os concorrentes em ficção, documentário, animação e experimental. Os vencedores foram, respectivamente, "Rosinha" (foto), de Gui Campos; "Botes Bastardos", de Pedro Cela; "Salu e o Cavalo Marinho", de Cecilia Da Fonte, e "Matiz", de Jackson Abacatu. Foram entregues 13 troféus 'Pedra Furada' na cerimônia, além de um prêmio especial do júri para a atriz Maria Alice Vergueiro, estrela de "Rosinha", "pela contribuição ao cinema brasileiro dentro da trajetória de pesquisa de composição de personagens emblemáticos".

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.