Matéria-1319978

Arte Cearense

ler@diariodonordeste.com.br

01:06 · 21.09.2013


O artista plástico Kazane (sua tela, neste espaço, é apresentada a partir de um detalhe) é um criador movido pela inquietude; nesse sentido, está sempre em busca de novas expressões, bem como de novos caminhos para a inspiração. Vejam-se, no detalhe dessa pintura, jogos cromáticos e sugestão de movimentos.

Poemas de Caetano Ximenes Aragão

Tecedor de ventos

tece tecedor de ventos
as vestes da manhã nua
com fios do sol nascente
e o claro riso do dia

tece tecedor de ventos
as vestes da tarde nua
com fios do sol-poente
e as tristezas do meu dia

tece tecedor de ventos
as vestes da noite nua
com fios da lua nova
e o brilho da estrela guia

tece tecedor de ventos
as vestes do meu amor
com as cores do arco-íris
e as asas do beija-flor

Nov(i)dades

nos ombros da morte
dormem os dias velhos
vida
tessitura de fios

desatado atado
a decepada rosa
da agonia

*
Só o novo de novo
inaugura o gesto
e muda a muda
estátua
e o mudo grito

Os cavalos

em tropel de ventania
ágeis cavalos velozes
cobrem pastagens claras
e cobrem geometrias
de esbeltas éguas esguias
cavalos mitológicos
empinados no ar
rompem o equilíbrio
da posse

naves aclopadas
narinas resfolegando
os cascos ragam
o ventre da terra
a tarde esconde o sexo
entre coxias e ravinas

o vento movimenta
denso silêncio
envolve as pradarias

nitrindo ao longe
um cavalo insone
cavalga o dorso da noite

Perfil

Moreira Campos
mais que corpo
é voz que conta
debruçado sobre o enigma
tremor de lábios e pálpebras
um olho só olhando
vendo o que ninguém viu

como cipós
suas pernas se entrelaçam
mum liame metafísico

braços distantes do corpo
gestos cortantes
com seu olhar de emboscada
conta história pros amigos

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.