MULTILINGUAGENS

Celebração do folclore

01:33 · 14.08.2010
( )
Comemorando o mês do folclore, a Casa Juvenal Galeno oferece uma programação especial, com oficinas, peças de teatro, shows, seminário e exposições

Nada de desgosto. Agosto é o mês do folclore, comemorado oficialmente no Brasil no próximo dia 22 (recordando o registro, pela primeira vez em 1846, da palavra "Folk-Lore"). Para marcar a data, a Casa Juvenal Galeno - centro histórico da cultura popular do Ceará - realiza uma programação especial ao longo do mês, com oficinas de cordel e xilogravura, seminário sobre manifestações folclóricas cearenses, exposições, shows musicais e apresentações de teatro.

A programação inclui oficinas com o poeta Paulo de Tarso (nome de destaque entre os autores de literatura de cordel) e o artista plástico João Pedro de Carvalho, do Cariri (referência na xilogravura). Todas as atividades terminam com uma apresentação cultural.

A programação foi construída a partir de sugestões da Comissão Nacional de Folclore (CNF) e da Comissão Cearense de Folclore (CCF), presidida por Clerton Martins. Criada em maio de 1948, a CCF tem entre seus objetivos incentivar estudos e pesquisas para a defesa e a divulgação das expressões populares no Ceará. Além de auxiliar brincantes e grupos na elaboração de projetos para captação de recursos.

Articulação

Dentro da programação do mês de agosto da casa Juvenal Galeno, as duas associações ganham destaque no dia 28, com a realização do seminário "Comissão Nacional de Folclore, Comissões Estaduais e o papel do poder público e do cidadão".

Antes, no dia 21, haverá a Oficina da Associação Gnóstica de Estudos Antropológicos, Arte e Ciência e o seminário "50 anos de Maracatu em Fortaleza", seguido de apresentação do Maracatu Reis de Paus. As inscrições para oficinas e seminários são gratuitas. No dia 30, penúltimo da programação, será realizada mais uma edição da "Noite da Viola". O evento, que acontece toda última segunda-feira do mês, é carro-chefe da programação fixa da Casa. Começa às 18h, com uma visita guiada pelas dependências do casarão e pela exposição permanente de folhetos de cordel, xilogravura e artesanato cearense.

A partir das 18h40, é a vez de artistas populares se apresentarem, em uma mostra compacta de diversas manifestações da cultura popular - da música dos violeiros e emboladores à leitura e ao lançamento de folhetos de cordel. O trabalho dá continuidade à programação fixa da Casa Juvenal Galeno, retomada desde março.

Para fechar o mês do folclore, dia 31 haverá contação de histórias - de 9h às 12h e das 15h às 17h - promovida pela ala feminina da Casa Juvenal Galeno.

Programação

16 a 19/08
15h às 17H - Oficina de cordel (Paulo de Tarso) e oficina de xilogravura (João Pedro Carvalho)

18/08
20hs às 22h - Peça teatral (monólogo)

21/08
16h às 18h - Oficina da Associação Gnóstica de estudo antropológicos, arte e ciência
16h30 - Seminário "50 anos de Maracatu em Fortaleza"

Encerramento: Maracatu Reis de Paus

27/08
19 às 21h - Show musical com banda Trem do Futuro

28/08
16h - Seminário "Comissão Nacional de Folclore, Comissões Estaduais e o papel do poder público e do cidadão"

Abertura: Leitura e debate sobre o trabalho de Rouxinol do Rinaré (O Folclore em cordel)

Encerramento: Encontro dos Sanfoneiros Cearenses

30/08

18h às 20 - Noite da Viola

31/08

9h às 12h e 15h às 17h - Contação de histórias

MAIS INFORMAÇÕES:
Mês do Folclore
Até 31/08 na Casa Juvenal Galeno
(Rua General Sampaio, 1128, Centro). Inscrições para oficinas, seminários e outras informações: 3252-3561/ 3276-2525.
Contatos também pelo e-mail


ADRIANA MARTINS
REPÓRTER

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.