Messenger completa dez anos de existência

O Messenger caiu na graça do brasileiro e cresceu 658% no País em número de usuários nos últimos cinco anos

Para mais de 330 milhões de usuários da internet em todo o mundo, é difícil imaginar um dia à frente do computador sem as janelinhas de bate-papo do Windows Live Messenger. Seja em conversas descontraídas entre amigos ou em contatos profissionais, o programa de mensagens instantâneas da Microsoft está no cotidiano de muita gente. Diariamente, são abertas mais de 8 milhões de janelas de bate-papo do Messenger. Mais conhecido por seu antigo nome, "MSN", o maior serviço de mensagens da internet agora completa dez anos de existência.

No Brasil, cerca de 25% do tempo online dos usuário são dedicados ao Messenger, totalizando 480 minutos de uso por mês, segundo dados da consultoria comScore de junho deste ano. O serviço está disponível em 76 países e em 48 idiomas, mas é no Brasil onde ele encontra sua maior base de usuários. São cerca de 45 milhões de usuários brasileiros, entre os 330 milhões de todo o mundo.

A ferramenta é uma das mais populares no país, e se tornou um fenômeno ao apresentar um crescimento de 658% em sua base de usuários nos últimos cinco anos. A cada mês, são mais de 537 mil novos usuários. Juntamente com o site de relacionamentos Orkut, o Messenger faz uma dobradinha de sucesso nas lan houses, presente na maioria das telas dos PCs conectados nesses locais.

Depois do ICQ
Criado em 1999 com o nome de MSN Messenger, o serviço da Microsoft surgiu numa época em que reinava no mercado de mensagens instantâneas o programa ICQ. Este software, da empresa israelense Mirabilis, foi o precursor no segmento. O ICQ popularizou entre os internautas o hábito de, estando online, poder interagir e conversar com outras pessoas também conectadas à rede mundial de computadores.

O precursor do MSN se tornou bastante difundido e, quando a Mirabilis foi comprada pela Time Warner em 1999, passou a fazer parte do comunicador AIM (AOL Instant Messenger), muito popular entre os usuários norte-americanos.

O ICQ ainda é muito popular na Rússia e em países do leste europeu. Em outros mercados, como no Brasil, seu lugar foi tomado pelo programa da Microsoft -- no que muitos chamam de uma "estratégia monopolista" da empresa que detém o Windows, assim como aconteceu com o mercado de navegadores. Hoje, a fatia de mercado do Windows Live Messenger entre os comunicadores instantâneos é de 60%.

Ao longo da década, o serviço da Microsoft evoluiu junto com o Windows. Hoje, ele é mais personalizável do que suas primeiras versões, traz avisos de atualizações (feeds) dos contatos do usuário e compartilhamento de fotos. O programa permite criar grupos de contatos, fazer conferências e chamadas de vídeo e voz. Em termos de disponibilidade, o serviço também acompanhou a evolução da tecnologia. Hoje ele está presente até mesmo nos aparelhos celulares mais simples, além dos smartphones que já vêm com a ferramenta instalada.

FERRAMENTA POPULAR
Comunicação fácil requer cuidados


Uma ferramenta para encurtar distâncias e fazer amizades. Assim a estudante pernambucana Marleide Miranda define o Messenger. Para a estudante, a ferramenta de comunicação se tornou mais importante em seu dia-a-dia em 2005, quando veio morar em Fortaleza, distante dos pais que residem em Penaforte, no interior do Ceará. "O Messenger me dá mais oportunidades de falar com meus irmãos com mais frequência, além de ser uma opção mais barata do que o telefone", afirma.

Mas, para desfrutar de todas as vantagens do programa sem problemas, alguns cuidados no uso da ferramenta são importantes. Os especialistas recomendam nunca abrir links desconhecidos, para evitar vírus e programas maliciosos. Se o usuário estiver utilizando um computador público, em lan house, por exemplo, ele não deve deixar selecionadas as opções "Lembrar-me" ou "Entrar automaticamente". Isso evita que outras pessoas utilizem indevidamente a sua conta no serviço.

Curiosidades

Acessos: Os usuários do Windows Live Messenger entram no programa três vezes ao dia. Ou seja, em um ano são mais de 1.100 acessos.

Comunidade: Se todos os usuários de Messenger dessem as mãos, a corrente daria a volta ao mundo 12 vezes.

Usuários ativos: A população dos Estados Unidos e do Canadá, somadas, é igual ao número de usuários ativos mensalmente, no Messenger, no mundo.

Janelas: Mais de oito milhões de janelas de bate-papo do Windows Live Messenger são abertas todos os dias. Se estas mensagens fossem escritas em papel e empilhadas, o volume seria suficiente para alcançar a Lua e voltar.

Papel do Messenger: Se as pessoas escrevessem cartas ao invés de usar o Messenger, seria necessário o corte de 2.8 milhões árvores por dia.

Mensagens: No mundo, são enviadas em média 9.4 bilhões de mensagens por dia pelo Messenger.

Flerte: O Windows Live Messenger é a ferramenta favorita dos jovens para namorar e trocar idéias com os amigos, ficando à frente de e-mails e qualquer outro tipo de comunicação via web. A única opção de flerte que hoje supera a ferramenta de comunicação da Microsoft é a conversa pessoal.