Especial publicitário

Plano estratégico

Entrevista: Madalena Medeiros

14:55 · 14.06.2018 / atualizado às 08:37 · 13.07.2018
Madalena Medeiros
Madalena Medeiros ( Divulgação )
Quem imagina que o planejamento de carreira é uma ferramenta para ser utilizada apenas por executivos de sucesso ou mesmo profissionais graduados está enganado. De acordo com Madalena Medeiros, consultora, palestrante e especialista em processos de implantação de Recursos Humanos, o planejamento de carreira deve ser adotado pelo estudante assim que ele entra na faculdade. “O plano de carreira é a construção de estratégias para eu poder chegar onde quero na vida profi ssional. Isso deve ser pensado assim que o jovem entra no curso universitário, porque tudo o que ele vai vivenciar depois, em termos de experiência, será melhor aproveitado e direcionado para o seu objetivo”, afirma Madalena Medeiros.
Com vasta experiência nas áreas de recrutamento e seleção, Madalena Medeiros garante que o estágio é fundamental para o sucesso do futuro profissional. “Se o jovem tem noção de onde quer chegar, as adversidades que poderá encontrar durante o estágio serão melhor superadas. Quando esse plano não é feito, o jovem pode desistir no primeiro
desafi o e perder oportunidades”, compara.
Nessa entrevista para o #PartiuMercado, Madalena Medeiros detalha a elaboração do plano de carreira e aponta os pontos fortes da atuação do jovem no mercado de trabalho.
 
#PARTIUMERCADO: Quais são os pontos fracos e os pontos fortes do jovem no mercado de trabalho?
MADALENA MEDEIROS: Normalmente, ele chega sem uma noção precisa de como vai se inserir no mercado de trabalho, com uma visão até certo ponto romântica, muito voltada para as questões que ele viu na universidade. Falta informação e, muitas vezes, um planejamento. Mas o jovem também tem pontos muito fortes. Na questão da inovação,
de lidar com novas tecnologias, da inteligência artifi cial, o jovem entra muito forte, com capacidade para se adaptar a esse contexto mutante. É muito comum encontrarmos jovens de 25 anos liderando equipes. São mentes brilhantes. A criatividade e a inovação, se bem aproveitadas, são componentes de um perfi l muito interessante. 
 
Por que o jovem precisa de um plano de carreira?
O plano de carreira é a construção de estratégias para eu poder chegar onde quero na vida profi ssional. Isso deve ser pensado assim que o jovem entra no curso universitário, porque tudo o que ele vai vivenciar depois, em termos de experiência, será melhor aproveitado, direcionado para o seu objetivo. Muitos acreditam que apenas pelo simples fato de completar a faculdade, vão ter uma vaga no mercado. Mas o curso universitário, o conhecimento, é apenas um requisito. É preciso que ele seja acompanhado da experiência profissional. E isso o jovem vai obter no estágio. Se ele tiver um planejamento de carreira, as adversidades que poderá encontrar durante o estágio serão melhor superadas. Quando esse plano não é feito, o jovem pode desistir no primeiro desafi o e perder oportunidades.
 
Essa falta de esclarecimento é um grande desafio?
O desafio principal é o entendimento de que a inserção no mercado não começa após a conclusão da graduação, ela começa com a graduação. Na hora em que se entra na faculdade, já precisa começar a existir o entendimento que ali começou a construção do plano de carreira. Quando esse jovem começa a ter experiências profi ssionais junto com
a construção do conhecimento, você encontra um profi ssional diferenciado, porque quando ele entra na faculdade ainda tem a mentalidade do Ensino Médio.
 
Como isso é visto na prática?
Quando o jovem não tem um plano de carreira, mesmo com o estágio, ele pode desistir facilmente, porque, para ele, é apenas um estágio, não está vinculado a um projeto. Ele pensa “não gostei”, ou “meu chefe não foi com a minha cara”, e sai. Quando há um plano de carreira, o estágio pode até ser ruim por um, dois ou três meses, mas o jovem sabe o que quer e para que aquilo é importante. Ele supera a adversidade porque está ligado ao que está buscando. E o jovem que tem essa mentalidade cria uma maturidade mais rapidamente, entendendo o que é o mercado de trabalho.
 
O que compõe o plano de carreira?
O importante é a defi nição do objetivo, não é necessariamente algo fi xo, mas algo que pode ser trabalhado como visão de futuro. Quando uma pessoa quer ser nutricionista 
esportivo, por exemplo, e entra na faculdade, pensa em que precisa fazer para se tornar um profi ssional como esse. Em que empresas poderá estagiar? Dentro do plano de carreira, já vai criando essas possibilidades, tanto dos conhecimentos da própria formação, mas dos conhecimentos complementares. E também se esse plano vai trazer essas etapas importantes do estágio, quais as empresas. Normalmente quando o jovem tem essa construção, é muito comum já estar encaminhado, porque já sabe inclusive em que cursos e palestras vai participar dentro da própria faculdade, pois as ofertas são muito vastas.
 
CONTEÚDO PUBLICITÁRIO ESPECIAL
LOGOSENAI LOGO FIEC logo prefeitura logo sebrae

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.